0
Seu carrinho está vazio
Whey Protein

Whey Protein: o que é, quais os tipos, para que serve, quais os benefícios e como usar

Publicado em 16.03.2022 |
39 visualizações

Está cada vez mais comum as pessoas que desejam o aumento da massa muscular investirem nos suplementos à base de proteína, como o Whey Protein.

Esse suplemento é conhecido por acelerar a recuperação do músculo (que sofre microlesões durante os exercícios), já que a sua ingestão garante as quantidades necessárias de proteínas após um treino.

Apesar de ser bastante popular, o Whey Protein ainda é rodeado de dúvidas, principalmente por quem começou a se exercitar há pouco tempo.

É importante saber, por exemplo, qual a dosagem de Whey Protein que você deve tomar, e essa quantidade pode variar de acordo com a intensidade do seu treino, da sua alimentação e do seu objetivo.

Para te ajudar a acabar com essas dúvidas e ainda entender tudo sobre esse suplemento alimentar, elaboramos essa matéria com informações valiosas.

O que é Whey Protein?

O Whey Protein é um suplemento alimentar proteico, feito a partir da proteína extraída do soro do leite. Existem ainda outros tipos de proteínas que podem ser extraídas da soja ou da carne.

A popularidade do Whey Protein se dá pela rápida absorção e a praticidade na ingestão proteica, já que por conter apenas as moléculas menores da proteína, os nutrientes são absorvidos pelo organismo de forma muito mais rápida e eficaz, ajudando na recuperação da fibra muscular e construção dos músculos.

Alguns tipos de Whey Protein também podem conter aminoácidos da cadeia ramificada, como o BCAA’s, que possuem alto valor biológico e ainda mais potentes para o ganho de massa muscular.

Quais os tipos de Whey Protein?

Muitas pessoas acham que os suplementos alimentares de Whey Protein são todos iguais. E na verdade, não são.

O Whey Protein passa por vários processamentos e filtragens, que definem o seu grau de pureza. E o que difere cada tipo de Whey é a quantidade de processos que ele passa.

Conheça abaixo os três tipos de Whey Protein, ordenados do menos filtrado para o mais filtrado:

1) Whey Protein concentrado (WPC):

Whey Protein Concentrado é pouco processado e a sua pureza varia entre 60% a 80% após as etapas de filtragem, e o restante é composto por carboidratos e gorduras.

Outra característica desse tipo de Whey Protein é a sua absorção, que é lenta em relação aos demais tipos, e acaba não compensando para quem treina pesado e precisa acelerar a recuperação proteica.

O WPC é mais indicado para quem não consegue se alimentar adequadamente em todas as refeições ou quer substituir um lanche pelo suplemento.

Em termos de preços, por possuir menos processos, essa opção é mais barata.

2) Whey Protein isolado (WPI):

Whey Protein Isolado é submetido a mais processos de filtragem do que a versão concentrada, contendo de 80% à 90% de proteínas na sua composição.

Por essa razão, a sua absorção é mais rápida e eficiente. O WPI também possui menor concentração de gorduras e carboidratos, ao mesmo tempo que prevalecem os aminoácidos que têm papel importante na recuperação do músculo.

É indicado também para pessoas intolerantes a lactose, pois os processos de filtragem podem retirar até 98% da lactose, de sua composição, ficando assim uma quantidade praticamente insignificativa para quem tem intolerância.

Em termos de preços, o Whey Protein isolado tem um valor um pouco maior que o concentrado.

3) Whey Protein hidrolisado (WPH):

Whey Protein Hidrolisado é o mais recomendado para quem pratica treinos de força, pois é de rápida absorção, já que as cadeias de proteínas passam pelo processo de hidrólise, ou seja, são “quebradas” em moléculas menores (peptídeos).

Por passar por mais processamento que as outras duas opções de Whey Protein, essa versão acaba sendo a mais cara, porém, a que garante resultados satisfatórios para quem tem o objetivo de aumentar massa muscular.

É indicado também para pessoas intolerantes a lactose, pois os processos de filtragem podem retirar até 98% da lactose, de sua composição, ficando assim uma quantidade praticamente insignificativa para quem tem intolerância.

Para que serve o Whey Protein?

Primeiramente, é importante saber que o Whey Protein é um composto proteico altamente nutritivo, e na sua versão hidrolisada, é isolado de gorduras e carboidratos, e acaba sendo uma fonte pura de proteínas, indicado não só para o aumento da massa muscular, mas também para quem tem objetivo de emagrecimento.

O alto valor biológico das suas proteínas também faz o organismo entrar em um estado anabólico favorável para a hipertrofia.

Lembre-se: a suplementação com o Whey Protein não tem a finalidade de substituir refeições, mas ele acaba sendo mais prático para quem não tem uma rotina de alimentação organizada o suficiente para ingerir a quantidade ideal de proteínas durante o dia.

Quais os benefícios do Whey Protein?

Você já se perguntou quais os benefícios do Whey Protein? A verdade é que as vantagens do seu consumo vão além da academia e podem servir, inclusive, para a manutenção da saúde e na prevenção de doenças, já que a proteína extraída do soro do leite tem esse papel.

Esse suplemento ainda pode servir para melhorar o estado de catabolismo provocado por pacientes que sofrem de certas doenças, para pessoas que tem o apetite reduzido, crianças, idosos ou para pessoas que não tem uma alimentação equilibrada e que forneça os nutrientes necessários.

Outros benefícios do Whey Protein também são:

  • Ajuda na perda de peso, pois promove a sensação de saciedade.
  • Auxilia no fortalecimento do sistema imune, por causa das imuglobinas encontradas no soro do leite.
  • Melhora a cicatrização, já que contém glutamina.
  • Controla o colesterol, pois ajuda a reduzir o colesterol ruim (LDL).

Como consumir o Whey Protein?

O Whey Protein pode ser consumido no pré-treino , no pós-treino ou em qualquer outro momento que você julgar necessário.

A sua ingestão no pré-treino diminui a ação do catabolismo durante o treino.

No pós-treino, a ingestão de proteínas é importante para pausar o efeito do catabolismo e levar o corpo a um estado anabólico.

É recomendado a ingestão do Whey Protein de 15 a 30 minutos antes e depois da atividade física.

Também pode ser usado caso você não consiga fazer alguma refeição durante o dia ou até mesmo combinado com receitas.

A dosagem pode variar de acordo com os objetivos de cada um, alimentação e intensidade de treino. Por isso, é fundamental contar com o apoio de um médico ou nutricionista.

Água X Leite

O ideal, no pós treino, é tomar o Whey Protein com água, pois absorção de torna mais rápida.

Mas pode ser tomado também com leite (preferencialmente desnatado).

Cookies
X

Este site utiliza cookies para te proporcionar uma melhor experiência. Ao continuar navegando, você aceita nossa Política de Privacidade.