0
Seu carrinho está vazio
Emagrecimento

3 dicas para definir o abdômen em pouco tempo

Publicado em 18.02.2022 |
33 visualizações

Se levarmos em conta a construção muscular do corpo em geral, temos a definição muscular do abdômen entre as mais difíceis e ao mesmo tempo entre as mais desejadas, tanto por atletas como não atletas.

Sabemos que possuir um menor percentual de gordura é um dos principais fatores, portanto algumas pessoas acham que diminuir a ingestão de calorias drasticamente pode trazer o abdômen trincado em apenas um mês.

Será que isso realmente é possível para um indivíduo com percentual de gordura médio? Neste artigo falaremos mais sobre e traremos dicas especiais que podem te ajudar a conquistá-lo.


O fator de dificuldade da definição deste músculo é dado devido a necessidade de dois fatos: Ter um físico seco com baixo percentual de gordura, e uma região corporal onde se existe uma pele na parte debaixo da barriga que por alguns fatores genéticos e outros itens de treino e dieta individuais pode ser eliminada

Cuidado com dietas muito restritivas

Dietas muito agressivas farão com que se tenha um alto déficit calórico, e o resultado disso nem sempre é um abdômen definido.

Algumas vezes isso gera um aumento da reserva interna de ácidos graxos através das células adiposas, isso eleva os níveis de cortisol e coloca o organismo em estresse. Nesse caso, todas as células adiposas do abdômen aumentam dobradas. Uma dieta eficaz para se perder gordura abdominal se dá com consistência e planejamento no gasto calórico, e não com agressividade.

Diminua o uso de carboidratos de forma estratégica

Diminuir o carboidrato pode trazer bons resultados, mas desde que seja feita de forma estratégica. O ideal é utilizar fontes de carboidratos com baixo índice glicêmico. Além de trazer maior nível de saciedade, esses carboidratos melhoram a sensibilidade à insulina, o que auxilia na queima de gordura de maneira mais rápida e eficiente. Frutas e vegetais ricos em fibras que possuem baixo índice glicêmico trazem maior saciedade e aderem melhor à perda rápida de peso.

E é importante ressaltar que o carboidrato, ainda que em menor quantidade, deve ser utilizado antes e depois dos treinos. Restrições de carboidratos logo após o treino também geram stress e podem aumentar o cortisol.

Aplique uma rotina maior de exercícios cardiovasculares

Os exercícios cardiovasculares geram uma maior queima de gordura, especialmente quando feitos com constância. Imagine uma rotina de aeróbicos com duração de 40 minutos após o treino todos os dias. Vamos supor que esses exercícios geram um gasto calórico de cerca de 350 calorias. Ao final de uma semana, teremos um valor agregado de quase 2500 calorias, um valor importante que trará uma diferença no emagrecimento.

E essa rotina ainda pode ser otimizada. Existem protocolos de atletas e também de indivíduos saudáveis que realizam os exercícios aeróbicos até duas vezes por dia. Estratégia que aumenta a queima de gordura significamente a curto prazo.

Se você gostou, ou se tem alguma sugestão sobre este tema que possamos escrever futuramente aqui no blog, deixe nos comentários. Sua opinião é muito importante para nós.

Cookies
X

Este site utiliza cookies para te proporcionar uma melhor experiência. Ao continuar navegando, você aceita nossa Política de Privacidade.